Pesquisar este blog

terça-feira, 14 de junho de 2011

Eu Prometo


Vou escrever um livro. 
Aproveitando que tenho passe livre pelas dimensões, (rssss...) contarei tudo que vivi e que vi nessa e em outras vidas.
Meu outro blog explica tudo.

Será que isso interessará a alguém? 
Devo dar ao relato a visão da terapeuta ou da paciente? Ou ambas? Alguém pode me ajudar nisso, respondendo a essas perguntas acima nos comentários?

Já que é o dia das promessas, prometo dar um exemplar a cada um que me responder, sem custo algum.

Acreditem em mim porque, apesar de estar fazendo promessas quando o "ovo ainda está dentro da galinha", vou cumprir mesmo.
Um dia...Sabe-se lá quanto tempo vou levar para fazer isso? Se não fossem todas as tarefas chatas que um ser humano precisa fazer, daria para ser escritora full time. 
Imagino uma casa na praia, com paredes de vidro, o barulho do mar e eu lá, só escrevendo. Não seria um paraíso? 

Então me ajudem a concretizar isso, respondendo as perguntinhas. 
Você se interessaria por um livro com relatos de vidas passadas encadeadas ao presente, com todas as implicações ? 
Seria mais interessante a visão da terapeuta ou da paciente?

Estou aguardando!!!!!!


(Angela Cunha)

9 comentários:

  1. Olá,me interessaria sim! E creio que o mais interessante seria a visão da paciente seguida da interpretação da terapeuta...vai ficar show!

    ResponderExcluir
  2. Oba, primeira candidata.
    Obrigada por ajudar. Pensarei na sugestão.
    Beijoooooooooooooooooooo

    ResponderExcluir
  3. Oi, Ângela, estamos vivendo um momento de busca, de descobertas, e toda experiência por que outros passam é interessante, pq podemos nos espelhar tanto para melhorar ou evitar situações semelhantes. E penso que vc vai conseguir unir as duas partes, a visão do paciente com a percepção da terapeuta. Vai fundooooooooooo...e quando estiver nessa casa maravilhosa à beira mar me convide para apreciar o sossego e a paisagem exuberante...rs
    Bjsssssssssss

    ResponderExcluir
  4. Maria Luisa Silva Amaral14 de junho de 2011 11:27

    Creio que você já saiba a resposta. Claro que deve escrever. Com as duas visões.
    Depois desse, que tal um com depoimentos de seus clientes?
    Beijinhos saudosos.

    ResponderExcluir
  5. Esse sonho de viver de escrever povoa meus mais profundos pensamentos!! Quem sabe não compramos casas vizinhas e entre um capítulo e outro tomamos um café e jogamos conversa fora? Com relação ao livro seria tudo de bom! Acho que fazer links entre as perspectivas do paciente e as elucidações do terapeuta seria uma maneira do leitor se ver em muitas situações e ter quem sabe, vários insights! Tô na fila pra noite de autógrafos desde já! Bjs

    ResponderExcluir
  6. Eu prefiro que haja uma junção da terapeuta com a paciente, e se há alguém com a capacidade de amarrar essas duas pontas és tu, meu amor.

    ResponderExcluir
  7. Silvera, amor meu, obrigada pela sugestão.

    Simone, está convidada...E eu quero ir na sua noite de autógrafos também....rs..E sejamos vizinhas..

    Maria Luiza, um com depoimentos seria perfeito....rs..Beijo pra você..Saudades..

    Verôninca, obrigada pela força e já está convidada.

    ResponderExcluir
  8. Eu concordo que seria interessante a junção de ambos os pontos de vista, ainda mais vindos da mesma pessoa.
    Bjos e boa sorte nessa nova caminhada.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...